Autor

Martins, Ernesto Jorge Costa

Título para publicação

A força das senhas e suas implicações na segurança das informações

Nota de acesso eletrônico

Baixe o Texto completo

 

O objetivo deste trabalho foi investigar as causas que levam os usuários a criar senhas fracas sob a visão da Psicologia e da Segurança da Informação, e assim entender o comportamento humano para que se possam aprimorar os meios que levem a sistemas mais seguros, tanto pela conscientização do usuário de suas responsabilidades com sua segurança, como pela necessidade de revisão de políticas de segurança dos sistemas para a condução de soluções através da melhor utilização dos componentes de hardware, software e peopleware. Com esta intenção foi realizada uma pesquisa bibliográfica e um estudo de caso, onde foram analisadas 13815 senhas e a comparação de resultados alcançados em outros estudos. Conclui-se que além da necessidade de educar os usuários para adotar uma postura de responsabilidade com suas senhas, deve haver o compromisso do pessoal da área da segurança da informação em impedir que as senhas criadas sejam frágeis. Partindo do entendimento das limitações humanas sugere-se a necessidade de disseminação de soluções para socorro aos usuários na criação de senhas seguras, utilizando-se de meios diversos para a maximização da segurança de suas informações e dos sistemas em geral.