Como foi dito, uma das grandes vantagens de um CMS é a possibilidade de usuários não-técnicos poderem contribuir com artigos ou ajudar na manutenção do website/portal diretamente, sem depender de webdesigners e programadores.

O Joomla utiliza diferentes grupos de usuários, com nomes auto-explicativos e nível de permissões crescente:

Acesso ao “frontend” (o website/portal propriamente dito):

  • usuários registrados

  • autores

  • editores

  • publisher

Acesso ao “backend” (a interface web de administração)

  • manager

  • administrator

Os usuários com acesso ao “frontend” podem criar conteúdo diretamente no próprio site, pois ao se “logarem” o Joomla oferece a opção de criação de conteúdo. Assim, usuários autores podem ser treinados e contribuir com seus artigos diretamente, sem depender de nenhum webdesigner. Usuários editores podem alterar artigos de todos os autores. Usuários com permissão de “publisher” podem liberar os artigos para acesso ao público.

Utilizando o “backend”, que é uma interface web separada do site propriamente dito, os usuários administradores podem criar novas seções, novas categorias, arquivar artigos, instalar novos módulos ou componentes, trocar o CSS (visual) do site, etc.